Leio, logo existo (26)

domingo, agosto 16, 2015


"Onde pára o amor que eu não o encontro, que eu não o consigo encontrar, / apenas homens que gostam de homens e homens que gostam de mulheres, / ou então mulheres que gostam de homens e mulheres que gostam de mulheres, / e não há maneira de encontrar homens e mulheres que não procuram homens nem procuram mulheres, homens e mulheres que procuram pessoas, / simplesmente isso, simplesmente pessoas, / Nada é mais raro do que pessoas."

Pedro Chagas Freitas, in sexus veritas
Sinopse aqui

7 comentários

  1. Adoro o Pedro Chagas Freitas. É incrível o que ele nos consegue fazer sentir com as suas palavras!
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Já ouvi falar muito "mal" do Pedro Chagas Freitas mas estes teus excertos deixam-me curiosa em relação a ele!!

    r: Não, essa é a mais famosa mas encontrei uma em que acho que os gelados são ainda melhor e custam o mesmo :) A Mabi é óptima para os croissants. São uma delícia. Em relação a gelados há uma na rua principal, mesmo em frente à escola primária e ao lado de uma pizzaria. Julgo que se chama San Pietro. Eu tenho uma foto no meu instagram onde comi por lá um crepe com uma bola de gelado ;)

    ResponderEliminar
  3. Digo-te já que foi uma das coisas mais giras que li em dias! Beijinhos
    http://theventuraproject.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Estou a fazer uma vénia a este rei. Pessoas que gostam de pessoas. Pessoas que são raras. Vénia feita. Obrigada, Chagas Freitas, por me entenderes sempre.

    ResponderEliminar