Leio, logo existo (27)

terça-feira, agosto 18, 2015


"«A que horas?» que se foda. A questão fundamental não é «a que horas?». A questão fundamental é «a que oras?». Até as letras mudas têm muito para dizer."

Pedro Chagas Freitas, in sexus veritas
Sinopse aqui

3 comentários

  1. R: Sim, sou da mesma opinião que tu, sair de Portugal para o estrangeiro se estivesse desesperada, mas tudo isto é sempre tão complicado :\

    ResponderEliminar