Leio, logo existo (43)

terça-feira, outubro 06, 2015


"A esmagadora maioria das relações soçobra por excesso de eufemismos. Por alguém dizer "incomoda-me" quando devia dizer "deixa-me devastado"; por alguém dizer "peço-te que me expliques" quando devia dizer "exijo-te uma puta de uma explicação"; por alguém dizer "gostaria que não voltasses a fazer isso porque me magoa" quando devia dizer "pára com essa merda porque senão dou-te um tiro nos cornos"."

Pedro Chagas Freitas, in sexus veritas
Sinopse aqui

3 comentários