Leio, logo existo (52)

sábado, janeiro 02, 2016


"Um desempregado sem subsídio é como um náufrago sem bóia. E um náufrago sem bóia sabe que tem de nadar muito mais depressa do que um náufrago com bóia. E nada. Nada mesmo. E vai mais longe do que algum dia chegou, e até nada crawl se for preciso - mesmo que nunca tenha nadado crawl. Um náufrago sem bóia nada mesmo que nunca tenha nadado na vida. Um náufrago sem bóia nada mesmo que não saiba nadar. É a necessidade que aguça o engenho."

Pedro Chagas Freitas, Eu Sou Deus
Sinopse aqui

6 comentários

  1. Não gosto do autoe, mas esta é das melhores comparações que já li.

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Quem me segue há algum tempo sabe que tenho mais do que este blog, sim, porquê?

      Eliminar
    2. qual? pouco te vejo neste

      Eliminar
    3. Tenho um privado, que já falei aqui e que dou acesso a quem me dá o seu email, mas onde mal tenho escrito. Quanto a este, já várias vezes disse o quão ocupada tenho estado, daí a minha ausência.

      Eliminar