Leio, logo existo (58)

segunda-feira, fevereiro 15, 2016


"«Amor.» O que é o amor senão algo abstrato que só pode ser definido em termos de ação? (...) A sua vida é importante para mim, tal como a sua... felicidade. Eu morreria por ele se fosse necessário um gesto tão extremo e dramático. Será isso amor? Pode decidir por si própria."

Mary Balogh, Ligeiramente Casados
Sinopse aqui

2 comentários

  1. Já estive para ler este livro. Li o 'Ligeiramente Escandalosa' e adorei tanto a história como a escrita da autora :)

    xoxo

    ResponderEliminar