Leio, logo existo (59)

domingo, fevereiro 21, 2016


"Há algo infinitamente melhor do que um conto de fadas. É a felicidade. E a felicidade é uma coisa viva e dinâmica, Eve, e tem de ser trabalhada a cada instante durante toda a nossa vida. É uma perspetiva muitíssimo mais entusiasmante do que a tola e estática ideia de ser feliz para sempre. Não concordas?"

Mary Balogh, Ligeiramente Casados
Sinopse aqui

1 comentários