Ano ∞

sábado, janeiro 13, 2018


Hoje é um dia importante. Os Xutos, mesmo sem a presença física do eterno Homem do Leme, comemoram 39 anos de existência. Eu, embora um pouco ausente, comemoro 8 anos da minha vida enquanto blogger. E, assim como os Xutos não deixam de o ser "apenas" por terem perdido o seu fundador e uma das suas pessoas mais especiais, eu também não deixo de me sentir blogger por ter feito tantas paragens a meio do percurso. Cresci, amadureci tanto que pouca gente consegue ter essa noção. Comecei por dar a cara, depois virei anónima, passei a assinar com o meu nome de novo e, agora, regresso ao pseudónimo que me é tão querido, embora não precise dele para esconder o que quer que seja. É apenas isso: um pseudónimo que, no fundo, sempre me caracterizou e que muitas pessoas recordam.
Quanto tempo vou cá ficar agora? Não sei. Sei que 2018 me trouxe uma vontade imensa de voltar, que a minha vida está tão colorida que eu sinto quase uma obrigação de o registar. Por isso, depois de ter feito uma limpeza a este lugar que, em tempo de indecisão, se chamou Não sei mas acho que sei lá, e mantendo um nome já mais ponderado e dentro da minha realidade, voltei. Estou aqui, agora. Como se regressasse a uma sala de aula vazia, mas onde já se passaram imensas coisas que só as memórias guardam. Amanhã? Veremos. Mas dizem que o infinito é um 8 deitado, por isso...


4 comentários

Seguidores