DIÁRIO : O Dia de Amanhã

terça-feira, março 13, 2018


Regressar a este mundo não tem sido fácil. O tempo não estica, infelizmente. A minha intervenção no estágio começou no mês passado, a quantidade de explicações tem aumentado, e entre isso, corrigir testes, preparar aulas e ainda um outro projeto em que me meti recentemente, tem sido complicado haver o tempo necessário para me sentar ao computador e voltar a ganhar o hábito de aqui escrever, como acontecia no passado.

Mas eu quero registar coisas. Quero registar as minhas conquistas, que eu sei que serão muitas. Quero passar para esse lado um certo "bichinho da matemática", com possíveis desafios e curiosidades. Quero ter um local onde possa registar possíveis aventuras da vida de uma professora. E, para isso, o hábito tem de regressar.

Amanhã será um dia importante. Intenso. E queria deixar isso escrito.

É amanhã que terei a minha última aula assistida do estágio. Depois dos 90 minutos de amanhã, a minha nota de estágio fica praticamente definida, sem forma de conseguir fazer melhor numa outra oportunidade... esta é a última oportunidade! E eu, como já aconteceu nas duas outras aulas assistidas, vou arriscar. Vou dar uma aula onde tudo pode acontecer. Onde pode correr tudo mal ou tudo bem. Onde dependo, acima de tudo, do desempenho dos alunos e não do meu. Onde irá reinar, a todo o instante, o improviso. E isso, apesar de ser um desafio que eu aceito de bom grado, é, ainda assim, aterrorizador.

Mas isto é só o que acontecerá até às 10h da manhã. Depois disso, há um longo dia pela frente. Um dia que anseio desde que iniciei o meu ano de estágio.

0 comentários

Seguidores