ENSINO : As Greves

sexta-feira, julho 06, 2018



Apesar de as televisões não terem dado muita atenção a esse assunto (a não ser nos últimos dias... talvez por Portugal já não estar no Mundial...), os professores estão em greve há mais de um mês. Tenho lido muita coisa sobre o assunto, principalmente professores que estão na luta pelo que lhes pertence, mas também já me apercebi de comentários menos agradáveis quanto a este assunto.

Eu ainda não sou oficialmente professora, embora já só esteja a uma tese de distância. Apesar de tudo, eu já me sinto inserida nesse grupo praticamente desde que entrei na universidade. Tento estar a par dos assuntos relacionados com a profissão e, se até agora a preocupação estava mais voltada para a Matemática e o programa do ensino secundário, nas últimas semanas não tem sido esse o assunto principal.

A principal preocupação é: o respeito! Nos últimos anos, os professores têm estado a descer, ano após ano, na consideração da maioria dos portugueses. Na cabeça de muitos, os professores não fazem nada, trabalham pouco e o pouco que fazem é mal feito. E tudo bem, eu até posso admitir que existam professores mais baldas e que já estejam pouco motivados a fazer o que lhes compete, mas não posso concordar que isto seja algo generalizado. Acho até de louvar que, com tudo aquilo que os professores têm tido para fazer a mais sem serem mais remunerados por isso, ainda haja professores com muitos anos de serviço e que ainda tenham motivação para dar o melhor de si a cada aula. Quando o próprio governo goza com a cara de quem ensina as crianças de hoje, que serão o futuro do nosso país... bem, já está tudo dito!

A greve que tem sido feita, em nada prejudica os alunos. Se causa mais ansiedade? Acredito que sim. Principalmente para os alunos de 12.º ano. Mas, por norma, os alunos já têm uma noção das suas notas quando o ano termina. As pautas são, apenas, uma confirmação para a maioria dos alunos. Seria pior se acontecesse como em 2013, em que houve greve ao exame de Português do 12.º ano. Eu própria passei por isso enquanto aluna, e sinto que esta greve não prejudica nada, se for comparada com o adiar de um exame, que afetou férias marcadas e que nos colocou em cima a pressão dos exames por mais uns dias. Mas, mesmo admitindo que há algum aluno prejudicado com esta greve... expliquem-me lá, quando é que os professores podem fazer greve afinal? Se os médicos fazem greve, os pacientes também ficam prejudicados. Se é greve nos transportes, quem deles precisa também fica prejudicado. Mas os professores, essa espécie rara, não pode fazer greve. Mas afinal... os professores não tinham três meses de férias nesta altura, tal como os alunos? Realmente... quem se iria lembrar de fazer uma greve durante as suas férias? Estes professores são mesmo ridículos... (ironia a chegar a um extremo aqui, caso não tenha sido percetível)

Os professores não estão a pedir aumentos salariais. Não estão a pedir mais condições nas escolas (e bem que podiam fazê-lo!). Estão apenas a pedir aquilo que trabalharam: 9 anos, 4 meses e 2 dias. Tempo que foi garantido no orçamento de estado, mas que agora alguém decidiu que já não podia ser. Os professores nem sequer pedem que seja já, de imediato, vejam só! Neste momento, só pedem para que não seja tempo deitado ao lixo por completo, como se tal não tivesse existido.

Os professores estão a lutar. E eu agradeço por isso! Mesmo não sendo uma luta que me influencie diretamente... afinal, no meu caso só me interessa que a carreira esteja descongelada, e isso já está feito. Mas neste momento, a luta já é também por uma questão de orgulho. Porque, nas mãos do governo, os professores são uns bonecos que se submetem a fazer tudo, até coisas além do seu trabalho, para garantir o melhor para os seus alunos. Os professores deram um "basta!", e estão a lutar pelos seus direitos. E com isso, estão também a lutar por mim e por todos os que estão a começar, tal como eu.

O país precisa de acordar. Porque daqui a uns anos, vai querer professores e não os vai ter. E aí, talvez se olhe para trás e se perceba todos os erros que foram sendo cometidos durante este tempo todo.

0 comentários

Seguidores